14:07

Meu amor...

Esta é uma cereja de joycereja! |

... PRÓPRIO.

Parando para analisar o depoimento de algumas mulheres que partilham comigo suas experiências sentimentais, cheguei à conclusão de que é no fim de um relacionamento que você realmente descobre-se.
Terminar algo que julgamos bom, nunca foi fácil, afinal quem quer perder o que é agradável? A grande questão é como nos comportamos após esse término. Não sou o tipo de mulher que apóia a idéia que você não pode chorar (mesmo que seja escondida), se quer chorar gata, chore! Quer gritar? Grite! Mas livre-se da culpa e pratique o desapego. Se não dá mais, boa sorte é pra frente que se olha. Mas se pra você ainda não está tudo acabado... Então vá a luta.
Ir a luta NÃO significa rebaixa-se! Você não precisa humilhar-se diante daquele que você julga ser o seu amor para ser notada.
Amor, quando é verdadeiro é sutil e intenso, e não agressivo e que deixa mágoas. Claro, todo mundo erra, mas será que vale a pena ficar correndo atrás de quem só te exclui da vida dele?
Nós mulheres, portadoras do encanto e sedução, podemos RECOMEÇAR! E não pense você que isso só serve para aquelas que ainda são jovens, não importa quanto tempo você passou ao lado do tal alguém, guarde o que foi bom, e jogue fora o lhe faz sofrer.
AMOR PRÓPRIO é isso que move você, mulheres decididas primeiro aprendem a ser a amar, para depois amar quem lhe cerca. Não tenha medo, você tem um potencial enorme dentro de si. Só seremos valorizadas quando reconhecermos o nosso valor!

Deliciosos beijos sabor cereja!

2 Mordidas:

J. Antônio disse...

"Só seremos valorizadas quando reconhecermos o nosso valor".
Vale para tudo e todos que é do planeta Terra!!!

Entre Linhas e Linhas... disse...

é o maior ensinamento que qualquer ser humano pode ter ao final de um relacionamento, na verdade agente muda a cada um.

Postar um comentário

Morda e exploda também.

Subscribe