15:57

A mulher que presta

Esta é uma cereja de Tracy Cherry |

Muitas vezes me pego numa mesa de bar, ou numa roda de amigos, ouvindo um homem abrir a boca pra dizer que não encontra mulher que preste. Que mulher direita, que queira compromisso sério, mas também seja boa de cama, de papo, carinhosa, romântica não existe mais. Que hoje em dia as mulheres estão interessadas em dinheiro, em carro, quarto espelhado e restaurantes caros. Ou que o que elas querem mesmo é sexo e sumir antes que eles acordem.
Eu vos pergunto, caros amigos: afinal de contas, o que é uma mulher que preste pra vocês?
"Com certeza não sou eu"
Claro que não é aquela santinha com cara de quem nunca chupou um pau e mal fala nas reuniões de amigos. Com certeza também não é aquela tagarela segurando uma garrafa de cerveja e um cigarro com cara de ser mais rodada que bolsa de puta de BR, cuja risada se sobressai na sala. Você pode dizer que é um meio termo, nem escrachada demais, nem calada demais. Mas no fundo no fundo a mulher que cativa os homens é justamente aquelas que aparecem nas músicas super bregas que seus pais escutam: a lady na mesa e a puta na cama.
"Ops, post errado!"
Porém, o que muitas vezes eu não vejo os homens comentando, é o que transforma uma mulher que presta numa mulher que não presta. Já pararam pra pensar que por trás de toda mulher decidida, corajosa, escrachada, amarga e desbocada existe uma alma tão doce quanto as das heroínas românticas dos livros? Já pararam pra pensar que essa mulher que atualmente não presta também já encontrou um homem que não prestava? E sobre os efeitos devastadores que um amor mal vivido ou interrompido, um homem cavalo batizado e benzido ou simplesmente um imbecil que não dá valor algum pro sexo oposto podem causar?

E se tudo que ela está precisando agora não é você, e sim um pouco de sossego, algumas cervejas com as amigas e um flerte ou outro: ela é uma puta por causa disso? E se ela não se agradou do teu papo, ou do teu sorriso ou até do teu hálito e não quiser ficar com você: ela é cu doce? E se ela fala naturalmente alto e perdeu o medo de dizer o que pensa: é desbocada? E se ela fuma ou bebe e trabalha pra sustentar os vícios: ela não tem caráter? E se o pai dela foi o maior cachorro com a mãe e ela ficou tipo traumatizada e não confia mais em homem nenhum: ela é frígida? E se você é um perfeito idiota sem nenhuma personalidade ou educação: a culpa é dela?
"Calma, amiga, pega leve!"
A moral da história, caros amigos, é que todas somos mulheres que prestam SIM. Todas queremos um amor pra vida toda SIM. E gostamos de sexo SIM. Temos nossas particularidades, diferenças, xiliques e TPM’s diferentes. Somos camaleoas, tem dia que a gente acorda se sentindo poderosa pra botar uma lingerie e fazer um strip, tem dia que nosso humor tá no máximo pra uma calcinha bege, e daí? Não temos obrigação alguma de estar sempre alerta e nem vocês tem obrigação de nos servir.
A questão aqui não é prestar ou deixar de prestar. É ter o mínimo de sensibilidade pra deixar o coração escolher.
Teoria da mulher decidida: Toda mulher decidida é a cicatriz de um passado sofrido; seja um homem que não soube dar valor, uma adolescência repleta de neuras, ausência de algum familiar e coisas do tipo.
Hoje são o que são porque souberam enfrentar as dificuldades a lá " face to face", Cara a cara.
Comunidade do falecido orkut.
Beijos sabor cereja!

5 Mordidas:

Steres disse...

Me identifico bastante com "algumas cervejas com as amigas e um flerte ou outro" e o "fala naturalmente alto e perdeu o medo de dizer o que pensa" nem comento mais :P hauhauhauha...

'Oh girls just wanna have fun' (8)

Parabéns Trace pelo post. ARRASOU!

ωαℓ Bezerra disse...

Muiito bom guria o post.
continuem assim, o blog tá ficando ótimo.
papo inteligente,conversas na madrugada?
Bombas de Cereja.
vem que vem, bombando ^^

Fábio Ricardo Batista de Farias disse...

Letra 1- Gostei pra Caramba do blog^^ amo todas e quem não conheço tenho certeza que também amaria.

Número B- Eu tenho que concordar que existem homens que não sabem o que querem da vida, entretanto existe muitissimas mulheres que não fazem ideia do que escolherem e isso irrita tanto no juizo do homem que ele acaba dizendo que ela não é "a mulher certa" mesmo ela sendo.

E por final, GENTE AMEI O BLOG E VOU ACOMPANHAR MUITO^^ ele em alguns quesitos é extremamente educativo =)

Bjos Lindas

Thabata disse...

UFA... Eh como tirar as palavras da boca!!

Arrasou tracyyy...
"Não procure me entender, as vezes nem eu mesmo consigo isso!" BM Qual a dificuldade hein?? Tem que ser perfeitinha? Ah vá... o c.. ninguém quer dá! kkkk brinks
Adorei! Besos

Renata disse...

Parabéns pelo Blog, meninas! Arrasou, Tracy! =)

Postar um comentário

Morda e exploda também.

Subscribe