23:54

CHEGAY...

Esta é uma cereja de Cereja Maltada |

“Bebo para afogar as mágoas. Mas as danadas aprenderam a nadar.”
Frida Khalo
          
            Parafraseando a musa da amargura, Frida Khalo, ao som de You Oughta Know – Alanis Morissette - explico o porquê da minha entrada no Bombas.
            Bom, seguindo as agruras da vida, aceitei gozar dessas desventuras em série que é conviver com as dores debochando de mim. Mas, afinal, amarguras servem pra quê? Só pra me deixar deprimida e querer quebrar tudo? É... Ou beber tudo? OH, YESSSS... Na verdade, é a opção mais legal, né? O ruim é que depois de “umas” (bebidas, tá?), não esqueço os problemas e ainda fico com ressaca (moral e física), porque as mágoas não se afogam mais, elas aprenderam a nadar (danadinhas...) e, no meu caso, já fazem nado sincronizado. ¬¬
            Logo, pra quem diz: “a sua sorte virá...”, “Todo mundo tem uma tampa pra sua panela...” ou: “Tenha paciência, as coisas vão melhorar...”, tenho a dizer pra você: DANE-SE, vá você e sua maldita felicidade, a La McDonald’s, pro quinto dos infernos, de onde nunca deveria ter saído. 1º a sorte não chega perto de mim, tem uma cerca elétrica ao meu redor. 2º Minha panela deve ser deformada ou deve ser uma papeira. 3º enquanto a paciência não chega – ela deve tá ocupada com a sorte – eu amarguro e derramo minha raiva, ódio, repúdio... enfim, todas as “desgracenças” pra cima de quem chegar junto (DANGER! DON’T TOUCH!).
          O blog reúne sentimentos amargurados – e eu tinha que estar nessa - perceberam, né? - bem como muitos que já fazem parte desse campo minado...
                                          
                                             E pra começar amargurando, aqui vai uma tirinha:
            Pois é, gente, depois me perguntam o porquê das amarguras... ¬¬ 

Beijos, me tuita: @maltissima

11 Mordidas:

Tracy Cherry disse...

Amiga, se tod panela tem uma tampa eu devo ser uma vasilha jogada na geladeira coberta com papel alumínio ou rolopac.

Ótima estréia! Que venham mais amarguras! \o/

Mirella disse...

olhan, aqui em casa mainha usa a tampa da cuscuzeira pra tapar a da papeira visse. apenas 1 dica. hahaha

Cereja Maltada disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... tô lascada, mesmo, fazer o quê?

BENÉ disse...

O CAFAJESTE.
MENINAS, QUERIDAS MENINAS... ESSE É O PROBLEMA, VCS VIVEM EM BUSCA DA ETERNA TAMPA PERFEITA... MESMO SABENDO QUE O BOM É A TAMPA ERRADA.

Bruna Pires disse...

Oi, qm vive procurando tampa??? Eu não viu... Eu vivo, Nós vivemos... Né meninas???

Taciana disse...

É, Maltinha, cheguei a conclusão de que eu sou uma frigideira: não tenho tampa :P
enquanto isso eu bebo, né, fazer o que?
Já que as minhas mágoas aprenderam a nadar, o jeito é beber até ter amnésia alcoólica!

Yan Santos disse...

Rapaz, num pensei q minha frase sobre a tampa da panela num coment anterior ia dar nisso, mas tudo bem. kkkkkkkkkkkkkkkk
Que a estreia traga bons frutos.

Eudes Barbosa disse...

toda grande estreia tem q "impactar" o publico rsrs parabens
esqueçam panelas e esqueçam tampas se esse lance de relacionamnto é tao fudido mete um "hot pocked sadia" no microondas e tchau baby qdo "sentir fome" compra outro ;) hehehehe

Tracy Cherry disse...

PORRA, HOT POCKET, ONDE EU CURTO O COMENTÁRIO ACIMA????

Cereja Maltada disse...

HAHAHA... amei! Sendo que comida pronta, o tempo inteiro, enjoa!

Yan Santos disse...

Mandando bem!
kkkkkkkkkkkk

Postar um comentário

Morda e exploda também.

Subscribe