20:23

Eu só te odeio quando eu respiro (parte 1)

Esta é uma cereja de Tracy Cherry |

As inconveniências de um ex namorado.

Ex namorado é uma desgraça. Um cisco do tamanho de um tijolo de 8 furos no seu olho. É uma raça que literalmente devia virar pó logo em seguida ao fora. E isso, caros colegas, não tou falando só dos meus. Tou falando por mil meninas que eu conheço que preferiam ver o ex namorado casando com uma coroa rica e indo embora viver na Europa do que conviver com eles na faculdade, no trabalho, na rua de casa, na internet, ou qualquer lugar que esses lixos de gente pudessem aparecer. 
No começo tudo são flores, o namoro tá lindo, a vida é bela, vocês vão casar, ter filhos, o sexo de vocês é o melhor, e o coração de vocês tá cabendo não só penteadeiras mas um quarto inteiro (com vocês dois dentro). 

Ai o namoro acaba. Ai começa os perrengues, "me devolva meus discos do Pink Floyd que você só escutava pra me agradar, seu imbecil", ou então "você e seu pau egoístas". Isso quando não acaba naquele tom dramático de "eu sempre vou te amar", no qual vocês trocam telefonemas e em 15 dias têm uma recaída. Em um mês você é rebaixada de namorada pra foda fixa e agora, além de vagina fácil do seu ex você também é burra. Burra mesmo, onde já se viu? Dar (ou levar) um fora em um cara que já não era mais o príncipe dos seus sonhos e depois abrir as pernas em troca de meia dúzias de "estou com saudades"? Faça-me o favor, colega!

E você, ex namorado que come a ex e ainda acha tudo muito normal porquê você inventou pra si mesmo (e pra ela, e ela acreditou) que o namoro acabou mas ainda sentem carinho e cumplicidade? Você só vai comer sua ex até achar alguém mais interessante, bonita, gostosa e que tenha um boquete melhor. Não tá fazendo nada mesmo, ela ainda gosta de você, nada mais conveniente, né? Preciso dizer que se você realmente a quisesse ainda estariam namorando? Acho que não, né?
Faça um favor a todas nós, suma. Do corredor da faculdade, onde eventualmente você vai soltar uma indireta dizendo que eu virei piriguete ou qualquer coisa parecida. Da internet, onde você vai usar o twitter pra dizer que ando por aí cuspindo no prato que ainda queria estar comendo (aahh, faça-me o favor). Do meu celular, onde você manda mensagem perguntando se eu tou bem, ou me ligando dizendo que ainda não perdeu o costume de me ligar sempre pra ouvir minha voz. Do meu msn e das suas indiretas no subnick.


Amiga, você tem um ex assim? E quer se livrar dele? Comece reconhecendo que você dá espaço. Sem espaço ex namorado algum te incomoda, seja te ligando pra marcar uma pernoite num motel ou te irritando o juízo com indiretas nas redes sociais. E não venha com esse papinho de "eu tou na minha e ele que chega...", é tudo questão do espaço que você dá. Então pro bem da sua sanidade mental e pro sossego do seu atual namorado (se é que você tem um), ponha limites. Homens são seres estrategistas, nunca vão avançar em falange se você mantiver a guarda fechada.
Você é um ex namorado desse tipo? Meu filho, se toque. Compre uma boneca inflável, vá treinar masturbação tântrica, arrume outra namorada... mas pare de se incomodar se sua ex tá falando bem ou mal de você. Se o tamanho do seu pau é assunto na mesa de bar dela. Se seu desempenho sexual é algo que ela usa pra avaliar os outros caras que ela come. E, principalmente, se soltar indiretas do tipo "minha ex virou uma  piriguete" não se sinta ofendido se ela inventar de publicar que você não aguentava ficar por cima.

Beijos sabor cereja!

2 Mordidas:

Anavlis disse...

Tracy é terrível.

Kris Wilmont disse...

Isso quando não acaba naquele tom dramático de "eu sempre vou te amar", no qual vocês trocam telefonemas e em 15 dias têm uma recaída. Em um mês você é rebaixada de namorada pra foda fixa e agora, além de vagina fácil do seu ex você também é burra.

_ Tracy já tinha ouvido falar de mim :)

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk me lí no post!

Postar um comentário

Morda e exploda também.

Subscribe