17:46

O Bumbum

Esta é uma cereja de Anavlis |

Minhas pessoas lindas, Como estão vocês? Preparados para se jogarem nesses dias de folia que estão por vir? Não gostam do furdunço e resolveram se isolar? O fato é que Carnaval no mínimo serve como um feriadão pra relaxar e curtir.
E Carnaval é aquela época, pra quem gosta, de se fantasiar e sair nas ruas sem medo de ser feliz. Época também de tentar ter todas as overdoses de todas as drogas possíveis, pra quem curte. E, claro, também é o momento do ano em que mais se presencia a exibição daquela parte do corpo feminino que taaanto desperta interesse e desejo nos homens: A bunda.
E como falar de bunda feminina não é do meu fetiche, publicaremos um texto quase poético que recebemos de um de nossos leitores mais charmosos e assíduos do Bombas
Apreciem a suavidade e o desejo que o moço utiliza para escrever um texto que deixa qualquer mulher sedenta por um arrocho.



O bumbum é uma trama complexa entre cultura e conceito, em várias épocas foi representado de várias formas por artistas, poetas ou simplesmente amantes acalorados pela beleza de suas formas anatômicas. O bumbum não tem privilégios em relação a outras partes do corpo... Ele por si só se faz. O bumbum feminino é viril e firme. Ele se resplandece e é fruto do apelo das formas voluptuosas que multiplicam até o infinito a sexualidade mortal. O bumbum por si só ganha vida, na estatuária antiga, na pintura, na dança em qualquer expressão humana.


O bumbum chega a ser simpático e mesmo assim é policiado pela sociedade “vá se ferrar” ou “dane-se” numa auto-afirmação contínua. O bumbum “chama” abrindo espaço para o fetiche, como numa palmada sexual, sem conseqüências, sem consciência do dever cumprido ao prazer alheio, servindo como catarse, onde o jogo sensual aflora ainda mais os sentidos.
Massagear e acariciar músculos, mesmo sem penetração pode tornar-se estimulante e prazeroso até quando marcado ou tatuado. Uma beleza impenetrável. Muitas vezes citamos bumbum para não falarmos do órgão sexual, cujo desejo é até diabólico. Os adoradores do rosto do diabo são hereges e sodomitas, pois o lado imoral perverte o subconsciente.
Ser admirador de um bumbum é ser amante do afastamento... Quanto mais se olha mais ele ganha forma, em sua arquitetura perfeita ele é mais descoberto. O bumbum é como uma autobiografia, uma negligência humana intolerável.

Tiago Licarião (aquele delícia)

Bem, amores. Tenho absoluta certeza que todos adoraram o texto. COMO não adorariam algo tão caprichado e bem feito? E se você também escreve e deseja contribuir e aparecer no Bombas, sinta-se convidado e livre para nos mandar seus textos para a coluna 'Leitores Gritam'.
No mais, tenham um excelente carnaval e nos vemos em breve, gostosuras.

Beijos sabor cereja!

14:32

Você é luz, é raio, estrela e luar... ♫

Esta é uma cereja de Tracy Cherry |

É com muito pesar mas também com muito prazer que nós, do Bombas de Cereja, viemos prestar essa singela homenagem ao maior ícone do romantismo e da sensualidade da música brasileira: o Wando ♥


...manhã de sol, meu iaiá, meu ioiô ♫

Wanderlei Alves dos Reis era libriano e especialista na arte do romantismo e da sensualidade verbal. Com suas música românticas associadas ao seu jeito único de encantar o coração das mulheres, Wando é autor e intérprete das canções número 1 dos corações de todas que amam ser admiradas e idolatradas (ou seja, 100% da população feminina). Tá duvidando? Dá o play nisso aqui:


"É tao gostosa, ela é toda faceira

É cheirosa, é maneira, que beleza de mulher
Deliciosa feito manga madurinha
Doida pra ser chupadinha, da boquinha até o pé" ♫
(umidifiquei)

E foi justamente por essas proezas musicais que Wando era dono de uma coleção de mais de 17 mil calcinhas (fonte: Wikipédia), todas presentes de fãs e admiradoras. E nós, do Bombas junto com nossos amados leitores liiiindos, não podíamos homenageá-lo de outra forma, a não ser dando-lhe postumamente nossas underwears mais ricas e sensuais! Segue abaixo nossas saudades e nossos presentes a essa delícia de homem que só nasce a cada 200 anos bissextos!


Bruna e sua clássica vermelha 


Cíntia Ferreira de vermelho no espelho.


Dany Albuquerque, que trouxe rosa pro Wando =)


Wando, essa calcinha nunca estreada da Jana Mathias é pra você =)


Jéssica Fiamma a favor das calcinhas confortáveis!


Kris Oliveira achou pouco uma calcinha e trouxe uma lingerie vermelha inteirinha!


"Moça, sei que já não é pura, teu passado é forte, pode até machucar.."
Patrícia Roberta + luvas + calcinha preta = pecado!


Stephanie Saskya pendurou no celular!


Wal Bezerra e... alguém tá vendo o lacinho?


Cíntia Vanessa e só amor na calcinha de estampa. 


"Nas mãos uma rosa vermelha
Na boca um gosto de maçã
Na pele um bronze bonito
No peito a saudade total..."
Rebeca Souza indefectível =)


E né que nossos leitores homens também aderiram à causa??


Anônimo segurando a calcinha do iaiá, ioiô dele *__*


Eudes Barbosa, nosso fiél leitor, pra ninguém botar defeito.


Hirley Pinheiro veio de azul pra trazer paz ao nosso post que tá pegando fogo!

E claro que nós não deixaríamos de participar dessa homenagem linda ao lado dos nossos leitores que arrasaram no show de sensualidade!


Eu e a minha rendada estilo shortinho ♥


Silvana Sabino e a combinação perfeita de calcinha + camisa de botão.

Bom, queridos, essa é nossa homenagem singela ao Wando, que vai deixar saudades com toda a sua idolatria que nos amaciava o coração. Agradecemos a todos e todas que participaram e arrasaram no carão e na calcinha.
Beijos sabor cereja!

00:42

“Homem nenhum é igual, começando pelo pau”

Esta é uma cereja de Tracy Cherry |

O título desse post surgiu em uma das minhas conversas (geniais) com meu namorado. Nós mulheres temos uma mania muito feia de descontar nossas frustrações na masculinidade dos outros e, conversando com ele, descobri que sim(!), homens tem sentimentos. Podem não falar muito neles, ou ter dificuldades pra expressá-los, mas tem.
OOOOHHHH, TRACY, NÃO DIGA QUE VOCÊ DESCOBRIU ISSO AGORA. 
Não, queridos, de fato não descobri isso agora. Mas convenhamos que pra uma mulher criada num ambiente machista e que ainda luta pra se libertar dele, isso pra mim só deixou de ser novidade de uns 6 anos pra cá (tenho quase 22).
Com certeza as pessoas agem de maneira semelhante em alguns casos. Se você ta morrendo afogado obviamente seu instinto vai te levar a nadar pra superfície, independente de você ser homem ou mulher. O mesmo acontece quando o assunto é relacionamentos: as pessoas se protegem, se defendem e agem, muitas vezes, de maneira parecida. Por exemplo: vejo muitos (não todos, apenas muitos) caras terminando um relacionamento porquê já tem outra pintando no pedaço. E vejo muitas minas terminando com o namorado porquê este não é mais companheiro ou atencioso como nos primeiros meses de namoro. Significa dizer que a semelhança entre as atitudes, principalmente depois de você ver o mesmo caso 50 vezes, te leva a pensar de maneira natural que todos (as) são iguais. Os mesmos cachorros, vadias, vagabundos e canalhas e que você não é obrigada(o) a passar por isso.
Mas voltando aos nossos amiguinhos, os homens, temos que concordar em algumas coisas:
*Homens possuem muita facilidade pra pensar e pouca pra falar.
São práticos. Racionais. E desde criança são incentivados a conter suas emoções porquê “chorar não é coisa pra homem”. E é por essa razão que eles não vão titubear pra terminar o namoro de 5 anos e 8 meses caso algo esteja faltando ou ele perceba sua infelicidade ou até mesmo apareça outra toda rebolativa pro lado dele... e ele se sinta atraído. E sem chorar. Agora claro, não vamos concluir que isso tudo seja sinônimo de frieza e falta de consideração. Na cabecinha masculina existe toda uma lógica (que eu ainda desconheço) que vai fazê-lo conter as emoções e pensar, por incrível que pareça, com a cabeça de cima e achar um motivo muito forte pra terminar tudo com você (quando terminam).
*Homens choram sim. Escondidos, mas choram. 
Se você namora um cara que não tem vergonha de chorar, sinta-se felizarda. Os homens do século XXI ainda estão aprendendo a lidar com essa novidade chamada sentimentos. E nós, mulheres, que somos expert no assunto, podemos sim ajudá-los, seja com conversinhas bestas (sobre o dia, o trabalho, o sexo) ou escolhendo a roupa (dele) pra sair ou até mesmo elogiando e instigando-o a falar sobre a performance sexual de vocês. Agora claro, amiga, uma conversa onde só você fala não é uma conversa, é um monólogo. Incentive-o a fala, pergunte, fale como você se sente feliz em conversar com ele e ele vai se sentir bem em falar com você. O segredo é não forçar nada, deixar tudo fluir naturalmente e não pressioná-los. E meninos, please, quando vocês perceberem que queremos, sobretudo, ouvi-los, tentem colaborar. Já passou da época que nós mulheres procurávamos provedores da família. Queremos companheiros, amigos, que dividam a mesa do bar e a cama também.
*Você nunca vai perceber as diferenças entre os homens se não parar pra admirar o que eles tem de diferente.

#FATO. Nós, mulheres, principalmente as caleijadas de relacionamentos frustrados, temos um costume terrível de deixar tudo girar ao redor do nosso umbigo. Ficamos esperando tudo do pior, o menor escorregão pra abrir a torneirinha do nosso discurso do “eu já sabia”. Bicho, e se teu namorado novo for o cara que, quando você menos esperar, vai dizer que você é a mulher da vida dele? Vai ficar com cara de tacho se lametando pelo tempo que ficou pensando merda do bofe? Pare pra admirar pequenas coisas: o perfume que ele ta usando, como ele penteia o cabelo, como ele deixa a barba, como ele amarra os sapatos ou como ele trata a mãe. Nessas pequenas atitudes você vai entender direitinho como a cabecinha dele funciona e, melhor ainda, vai descobrir a melhor maneira de se relacionar com ele.
Homens são tão complexos quanto nós, mulheres. Eles também tem suas fases, a diferença é que elas não se chamam TPM, menstruação, ovulação, período fértil... Tá na hora da gente começar a parar de olhar o universo masculino como o Jurassic Park no qual a gente tem que entrar munida de riffles, sinalizadores e ficar imóvel quando o dinossauro aparecer.
Observação: Se você é homem e entendeu que esse texto é sinônimo de boiolice (palavra, aliás, que detesto) ou qualquer coisa parecida com isso, você é um babaca.
Beijos sabor cereja ;*

Subscribe