22:47

Jantar pra quê?

Esta é uma cereja de Tracy Cherry |

Quando a mulher prefere sexo primeiro.


Esse é um tabu que assola o sexo feminino. E o masculino também, visto que a tendência mundial masculina é analisar as mulheres com quem marcam um "encontro formal" esperando encontrar uma "moça pra namorar". Não à toa que a maioria dos homens tem uma noção separatista de "mulher pra casar" e "mulher pra curtir" como se fôssemos uma calça jeans que eles experimentam pra ver se não aperta demais o saco. Mas enfim, vamos deixar esses machismos de lado...


Muito mais importante do que dar ou não no primeiro encontro é fazer o que se sente bem no primeiro encontro pra que aja um segundo. Tem mulher que fica bitolada de verdade ao marcar pra sair com alguém: escova o cabelo pra não parecer desleixada; não bota um vestido muito curto ou muito decotado, pra não parecer uma puta; não pinta a unha de vermelho pra não chamar atenção ou não fala sobre a família(!) pra não parecer que tá forçando um compromisso. Primeiro encontro é um ritual tão cheio dos "não podes" que quando a gente de fato tá LÁ nem aproveita direito. Mastiga de boca fechada, toma pouco vinho com medo de ficar bêbada e ainda vai pra casa com aquela sensação que devia ter SIM colocado aquele vestido decotadíssimo porque ao menos o encontro (que, por sinal, foi frustrante) terminava em orgasmos.


Aí pergunto, minhas amigas, e quanto a gente manda todo esse regulamento do first date pra puta que pariu? E quando a gente resolve colocar o salto e a meia arrastão e avisar antes da sobremesa que tá pra business? Qual o problema em preferir uma pizza no motel depois do sexo à um restaurante francês chiquérrimo que nem você nem ele vai saber usar metade dos talheres? É justo ser chamada de puta... porquê gosta de sexo? QUEM QUE LÊ ESSE BLOG NÃO GOSTA DE SEXO????


E vocês, meninos, o fato dela ter aberto as pernas no primeiro encontro torna-a uma puta ou você que é um tremendo machista que não aceita uma mulher que vive intensamente sua sexualidade? Será que ela tem mesmo que cumprir os parâmetros de "mulher pra casar" pra você chamá-la pra um segundo encontro? Ou você que é inseguro porque chamar pro motel não foi uma atitude sua? Ela te assustou?
O fato, meus amores, é que nós, mulheres, quando damos no primeiro encontro não é querendo amarrar alguém pela vagina (até porquê se isso funcionasse toda prostituta era casada). Nem estamos demonstrando carência extrema ou vamos cobrar que você apareça no outro dia com um anel de noivado. Se o encontro foi bom, o papo agradou e ela te achou gostoso e quiser dá pra você, encare sem grilos (a não ser que você não queira dar pra ela, você não é obrigado a nada): antes dela tomar essa atitude ela já tem uma noção muito boa sobre o próprio corpo e o que quer com ele. Os critérios pro segundo encontro nunca devem ser pré-definidos, já que o legal mesmo, pelo menos pra nós, é que tudo seja espontâneo, que surja espontaneamente a vontade de ligar e chamar pra um cinema, ou mesmo uma pizza depois do motel. 
E se você ainda assim acha que mulher que dá no primeiro encontro não é pra casar, filho, eu sinto muito mas você precisa rever seus (pré)conceitos.

Subscribe